Resultados da busca

Incluir no Meu Guia

Abelardo da Hora 90 anos - Vida e Arte (Espaços Culturais)

A individual do artista pernambucano Abelardo da Hora (1924 - 2014) apresenta 101 obras, entre esculturas, desenhos, pinturas e maquetes, na Caixa Cultural São Paulo. Destaque para as obras em bronze "Menino de Mocambo" (1969) e "A Fome e o Brado" (1947), além da série de 22 desenhos de bico de pena de 1962. O artista e ativista ficou conhecido internacionalmente nos anos 1960 por suas obras que denunciavam a miséria e a exclusão social no Brasil, sendo preso mais de 70 vezes durante o regime militar e tendo obras queimadas em 1964.

Caixa Cultural São Paulo: Pça. da Sé, 111 - Sé - Centro. Telefone: 3321-4400 Endereços

Deslocamentos (Espaços Culturais)

Instigado pela disseminação dos televisores em bares e restaurantes brasileiros, o artista Daniel Beerstecher propõe uma instalação criada mobiliário de boteco, onde projeta vídeos que produziu nos últimos quatro anos em viagens pela América Latina. Entre as obras expostas está o vídeo "A Conquista do inútil" (2014), em que Beerstecher veleja pelas estradas da Patagônia argentina em um barco adaptado com rodas, movido pela força dos ventos. Deslocar-se, por sinal, é fato recorrente na obra do artista.

Funarte São Paulo - Galeria Mario Schenberg: Al. Nothmann, 1.058 - Campos Elíseos - Centro. Telefone: 3662-5177 Endereços

Do Objeto para o Mundo - Coleção Inhotim (Espaços Culturais)

Primeira exposição itinerante do Instituto Inhotim, de Belo Horizonte, reúne mais de 50 obras de 29 artistas de diversas gerações e partes do mundo -entre eles, Hélio Oiticica, Cildo Meireles, Lygia Clark e Rivane Neuenschwander- dispostas em três andares do Itaú Cultural. Os trabalhos, datados dos anos 1950 até os dias de hoje, foram adquiridos pela coleção do instituto ao longo de dez anos e fazem um arco cronológico que parte do neoconcretismo brasileiro.

Itaú Cultural: Av. Paulista, 149 - Bela Vista - Centro. Telefone: 2168-1776 Endereços

E Se Quebrarem as Lentes Empoeiradas? (Espaços Culturais)

A coletiva apresenta trabalhos de Eduardo Berliner, Marcone Moreira e Thiago Rocha Pitta, em parceria com as galerias Casa Triângulo, Blau Projects e Millan. Na mostra, os artistas buscam desconstruir convicções científicas "quebrando" suas próprias lentes.

Instituto Tomie Ohtake - Grande hall: R. Coropés, 88 - Pinheiros - Oeste. Telefone: 2245-1900 Endereços

Muito Bom Espaço Olavo Setubal - Coleção Brasiliana Itaú (Espaços Culturais)

A mostra apresenta 1.300 itens de duas coleções: Brasiliana e Numismática, que juntas somam quase dez mil obras. Com quase mil itens pinçados pelo curador Pedro Correa do Lago, a coleção Brasiliana apresenta pinturas, desenhos, aquarelas, gravuras, mapas, documentos, livros e caricaturas, entre outros, que retratam o país desde a chegada dos colonizadores, cobrindo cinco séculos de história. Entre os destaques, chamam a atenção o retrato de Dom Pedro 2º, em 1846, feito por Johann Moritz Rugendas (1802-1858). Há também muitas gravuras de nomes como Chamberlain, Auguste Sisson, Bertichem e Emil Bauch, creditados pelas primeiras reproduções das paisagens do país. Já o foco da coleção Numismática são moedas, medalhas, barras de ouro e condecorações criadas desde a entrada dos portugueses até os dias atuais.

Itaú Cultural: Av. Paulista, 149, 4º e 5º andar - Bela Vista - Centro. Telefone: 2168-1776 Endereços

Etnias: do Primeiro e Sempre Brasil (Espaços Culturais)

O conjunto de painéis em argila, bronze e alumínio retrata o encontro dos portugueses com os índios no Brasil, e ultrapassa os 50 m de comprimento.

Memorial da América Latina - Túnel: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, portão 1 - Barra Funda - Oeste. Telefone: 3823-4600 Endereços

Imagine Brazil (Espaços Culturais)

Os curadores Hans Ulrich Obrist, da Serpentine Galleries; Gunnar Kvaran, diretor do museu Astrup Fearnly; e Thierry Raspail, diretor do Museu de Arte Contemporânea de Lyon conceberam a exposição, que tem o intuito de desenhar um panorama contemporâneo da arte brasileira. Para tanto, reuniram 14 jovens artistas que, baseados em trabalhos conceituais, têm apresentado obras em suportes variados como pinturas, esculturas, instalações, fotografias, vídeos e músicas. Cada participante escolheu um artista mais velho como inspiração.

Instituto Tomie Ohtake - Mezanino: R. Coropés, 88 - Pinheiros - Oeste. Telefone: 2245-1900 Endereços

Leonardo Da Vinci - A Natureza da Invenção (Espaços Culturais)

A mostra apresenta mais de 40 objetos que foram produzidos em 1952, data do quinto centenário de Leonardo Da Vinci (1452-1519), com base em projetos deixados pelo próprio renascentista. Dividida em módulos temáticos, a mostra tem também dez instalações interativas que explicam a trajetória do italiano.

Centro Cultural Fiesp Ruth Cardoso - Galeria de arte: Av. Paulista, 1.313 - Bela Vista - Centro. Telefone: 3146-7406 Endereços

Múltiplo Leminski (Espaços Culturais)

O escritor curitibano Paulo Leminski (1944-1989) é revisto na retrospectiva, que foca suas atuações na poesia, na música e em outras áreas. A mostra é a maior já realizada sobre a vida e a obra do artista, e tem curadoria de Alice Ruiz e das filhas de Leminski, Aurea e Estrela. A montagem em São Paulo ganha um item que não havia sido exposto anteriormente: a escrivaninha original onde o poeta escreveu boa parte de suas obras, em um ambiente que reproduz o escritório de Leminski.

Caixa Cultural São Paulo - Térreo e 1º andar: Pça. da Sé, 111 - Sé - Centro. Telefone: 3321-4400 Endereços

Museu do Estrangeiro (Espaços Culturais)

A exposição do artista Ícaro Lira faz uma referência irônica ao "Museu da Imigração", apresentando uma investigação artística sobre os ciclos de migração que a cidade de São Paulo passou. Com foco no bairro do Bom Retiro, o artista faz um mapeamento das colônias de imigrantes para entender como elas interferiram na formação da cidade.

Oficina Cultural Oswald de Andrade: R. Três Rios, 363 - Bom Retiro - Centro. Telefone: 3221-5558 Endereços

Ocupação Hilda Hilst (Espaços Culturais)

A exposição faz uma homenagem à Hilda Hilst, uma das principais escritoras contemporâneas brasileiras. Quem visitar o espaço cultural poderá conferir originas de algumas de suas obras, como "Kadosh" (1973), "A Obscena Senhora D." (1982) e "O Caderno Rosa de Lori Lamby" (1990). revisado e comentado pela escritora. Trechos de diários, desenhos, anotações pessoais, descrições de seus sonhos e depoimentos próprios registrados em vídeos e áudios também estão expostos na mostra, que fica em cartaz até 21 de abril - data do nascimento de Hilda.

Itaú Cultural: Av. Paulista, 149, piso térreo - Bela Vista - Centro. Telefone: 2168-1776 Endereços

Olhares Cruzados (Espaços Culturais)

A mostra fotográfica reúne dois artistas: o canadense Luc Dubois e o paulistano Renato Negrão, que propõe a aproximação e a troca de olhares entre as culturas de seus países e das cidades de Montreal e de São Paulo. Durante um período de tempo, os fotógrafos mergulharam um na cultura do outro, construindo a narrativa desses "olhares cruzados". O resultado são 38 fotografias impressas sobre suporte de alumínio.

Caixa Cultural São Paulo: Pça. da Sé, 111, 1º andar - Sé - Centro. Telefone: 3321-4400 Endereços

Picasso e a Modernidade Espanhola (Espaços Culturais)

Em parceria com o museu de Madri Reina Sofía, a exposição traz para o Brasil trabalhos de Pablo Picasso (1881-1973) e de outros artistas modernistas espanhóis. São 90 obras divididas em oito módulos, sendo que metade delas são de autorias do mestre cubista. O público pode conferir telas como Cabeça de Mulher (1910), Busto e Paleta (1932), Retrato de Dora Maar (1939) e O Pintor e a Modelo (1963), além de estudos e esboços para Guernica (1937) -um painel de 3,5 metros de altura por 8 metros de comprimento em que Picasso retratou a Guerra Civil Espanhola (1936-1939). A curadoria é de Eugenio Carmona, professor de história da arte da Universidade de Málaga, na Espanha.

Centro Cultural Banco do Brasil: R. Álvares Penteado, 112 - Centro - Centro. Telefone: 3113-3651 Endereços

Prêmio Brasil Fotografia 2014 (Espaços Culturais)

A exposição apresenta trabalhos dos seis artistas premiados na edição 2014 do Prêmio Brasil de Fotografia: JR Ripper, Sonia Guggisberg, Gilvan Barreto, Marcos Muniz, Paula Almozara e Vinicius Assencio. O conjunto, selecionado por um júri composto de Cildo Oliveira, Georgia Quintas, Leonor Amarante, Simonetta Persichetti e Walter Firmo. Sem temática definida, a premiação mira um panorama representativo da fotografia contemporânea no país. Destaque para os ensaios "Moscouzinho", de Gilvan Barreto, no qual conjuga documentação e ficção em um resgate de memórias da relação entre os pais e a ditadura, e "Fronteiras do Novo Mundo", de Marcos Muniz, no qual foca o grupo religioso menonita residente da cidade de Primavera do Leste, em Mato Grosso.

Espaço Cultural Porto Seguro: Av. Rio Branco, 1.489 - Campos Elíseos - Centro. Telefone: 3337-5880 Endereços

Registro Arte Performance (Espaços Culturais)

Cerca de 130 obras do artista plástico Ivald Granato, 65, compõe a mostra, que tem como objetivo proporcionar ao público a experiência de conhecer o registro histórico da arte performática. Entre os trabalhos há fotos originais, cartazes, roupas e acessórios usados pelo artista em diversas performances, além de livros, textos, estudos e vídeos originais. Entre os destaques, registros das ações "O urubu eletrônico" (1976), realizada no Theatro Municipal, e "Mitos vadios" (1978).

Caixa Cultural São Paulo: Pça. da Sé, 111, 2º andar - Sé - Centro. Telefone: 3321-4400 Endereços

Tomie Ohtake 100-101 (Espaços Culturais)

A exposição reúne 30 telas recentes de Tomie Ohtake, que faleceu no último dia 12 de fevereiro. As obras foram concebidas pela artista entre seus 100 e 101 anos, e são em sua maioria monocromáticas. A curadoria é de Paulo Miyada.

Instituto Tomie Ohtake - Mezanino: R. Coropés, 88 - Pinheiros - Oeste. Telefone: 2245-1900 Endereços

8 ou 80 (Galerias)

Promover um intercâmbio entre o universo da "street art" e a galeria de arte é o propósito da exposição, que conta com 12 peças desenvolvidas pelos artistas plásticos integrantes do coletivo Fleshbeck Crew -Bruno Bogossian (BR) e Marcio Ribeiro (Piá).

Luiz Maluf Art Gallery: R. Peixoto Gomide, 1.887 - Jardim Paulista - Oeste. Telefone: 99344-4238 Endereços

A Nova Fotografia Erótica Brasileira (Galerias)

O fotógrafo Fernando Lessa exibe trabalhos que mostram um olhar diferente sobre o erotismo. As imagens são trabalhadas em técnicas diversas, como a cianotipia, resultando em tons envelhecidos.

Galeria Porão: R. Aspicuelta, 145 - Vila Madalena - Oeste. Telefone: 2371-1701 Endereços

Box São Paulo (Galerias)

A exposição de Claudia Jaguaribe mostra o resultado de quatro anos de investigação da artista sobre a cidade de São Paulo. São objetos e 31 fotografias que mostram recortes da capital -muitos deles do alto, já que a artista fez as fotos a partir de quatro voos de helicóptero e dez subidas ao topo de edifícios como o Martinelli, no Centro; Fiesp, na Paulista; e a nova torre do Santander, na Vila Nova Conceição.

Casa Nova: R. Chabad, 61 - Cerqueira César - Oeste. Telefone: 2305-2427 Endereços

ConFluir (Galerias)

Composta de grafites feitos em suportes diferenciados -como canvas, madeira, metal e tecido-, a exposição reúne 17 nomes da "street art" paulistana, representados pelas galerias New Creators e Verve. O objetivo é apresentar a produção e vivência dos artistas, que abordam temas como questões sociais, políticas, econômicas e étnicas.

New Creators: R. Lisboa, 281 - Cerqueira César - Oeste. Telefone: 3804-9923 Endereços

Contrato Social (Galerias)

O artista Rubens Mano expõe 17 trabalhos inéditos -entre fotografias, instalações, vídeos e objetos- que mostram como questões culturais, políticas e sociais podem influenciar em processos de fixação territorial. A individual ocupa todo o espaço interno da galeria e se expande também para a área externa, onde é possível ver uma instalação homônima à mostra.

Galeria Millan: R. Fradique Coutinho, 1.360 - Pinheiros - Oeste. Telefone: 3031-6007 Endereços

Deslocamentos - Andrey Zignnatto (Galerias)

Com três obras de grandes proporções criadas especialmente para o espaço, a mostra de Andrey Zignnatto revela instalações feitas a partir de tijolos: a intervenção "Manta II", feita para cobrir a fachada da galeria, "Erosões II", uma instalação que ocupará todo o espaço interno da galeria, e "Manta I", que ocupa uma sala menor do espaço.

Blau Projects: R. Fradique Coutinho, 1.464 - Pinheiros - Oeste. Telefone: 3467-8819 Endereços

Diáfono Urbano (Galerias)

De autoria do fotógrafo paulistano Tuca Reinés, a exposição reúne oito obras que retratam as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Natal, Belém, Salvador, Bebedouro e Sertãozinho. As fotos registram essas cidades por um ângulo diferenciado -vistas do alto- e ressaltam detalhes de sua arquitetura e sinais urbanos.

Galeria Nikon: R. Aspicuelta, 153 - Vila Madalena - Oeste. Telefone: 2592-7922 Endereços

Domingos Salvador por Ana Durães (Galerias)

A artista plástica Ana Durães inaugura a exposição, que reúne 20 de suas telas. Ana é a ghost painter do personagem Domingos Salvador, vivido pelo ator Paulo Vilhena -um dos curadores da mostra- na novela "Império", da TV Globo. As obras, influenciadas pelo pós-impressionismo e pelo expressionismo alemão, configuram uma rede de paradoxos vivida pelo personagem, que era esquizofrênico.

Luiz Maluf Art Gallery: R. Peixoto Gomide, 1.887 - Jardim Paulista - Oeste. Telefone: 99344-4238 Endereços

Dreams Dealers (Galerias)

A coletiva inaugura o novo espaço da galeria, em Pinheiros. São 14 artistas que trazem, por meio de suas obras, "notícias do nosso tempo", com linguagens e poéticas contemporâneas. Paralelamente à exposição, o jardim externo da galeria exibe uma instalação de grande dimensão, da série "Naturezas Mortas", do artista plástico Jaime Prades.

Galeria Mezanino: R. Cunha Gago, 208 - Pinheiros - Oeste. Telefone: 3436-6306 Endereços

Espelho Curvo (Galerias)

A exposição da paulistana Ana Luiza Dias Batista reúne trabalhos em diferentes suportes que remetem ao universo dos parques de diversão, explorando a escala e a função destes objetos. Na entrada da galeria o visitante é recebido pelo "Bilheteiro", um boneco preto de plástico inflável do tamanho de um homem. A obra central da mostra, "Eva", é uma escultura em fibra de vidro, realizada em escala humana, que faz alusão aos brinquedos recorrentes em parques dos anos 1980 -cujo interior era composto de órgãos humanos com áudios explicativos. Ne mesma sala fica a obra "Gênio", um balão flutuante de três metros de diâmetro em formato de cérebro.

Marília Razuk - sala 1: R. Jerônimo da Veiga, 131 - Jardim Europa - Oeste. Telefone: 3079-0853 Endereços

Está Escrito (Galerias)

A individual de Christiana Moraes exibe diversos trabalhos da artista. Entre eles, um painel composto de 50 desenhos com a palavra "chega"; a série "Bestiário", em que 30 monotipias revelam fantasias, medos, violências e agressões de uma megalópole; e a série TAROTBR2013", em que 23 monotipias coloridas à mão fazem alusão ao clássico Tarô de Marselha.

Galeria Sancovsky: Pça. Benedito Calixto, 103 - Pinheiros - Oeste. Telefone: 3086-0784 Endereços

Eugenio Spinoza (Galerias)

Nesta individual, Eugenio Spinoza apresenta dois momentos de sua pesquisa artística. No primeiro, estão fotos tiradas pelo próprio artista durante sua mostra na Conkright Gallery, na Venezuela, em 1973. Nessa exposição, rolos de tecido com uma grelha preta impressa sobre eles estavam acessíveis ao público, que era convidado a cortar pedaços e usá-los como quisesse. A segunda parte é um grupo de colagens feitas em 2003 -em algumas dessas colegens, Spinoza usa fotocópias de imagens tiradas do catálogo de sua primeira exposição no Museo de Bellas Artes, em Caracas, em 1972.

Galeria Leme: Av. Valdemar Ferreira, 130 - Butantã - Oeste. Telefone: 3093-8184 Endereços

Jessia Mein - Tramas (Galerias)

Segunda exposição individual de Jessia Mein na galeria Leme, a mostra apresenta obras criadas com materiais visuais que estão se tornando obsoletos -a artista combina fragmentos de outdoors, originalmente descartados devido a erros de fabricação, com impressões manuais de sacos de cânhamo.

Galeria Leme: Av. Valdemar Ferreira, 130 - Butantã - Oeste. Telefone: 3093-8184 Endereços

Marina Abramovic - Places of Power (Galerias)

A exposição na galeria apresenta cerca de 30 obras, entre fotografias, objetos, desenhos, instalações e vídeos de performances, que revelam a forte ligação da artista sérvia com o Brasil. Na seleção de trabalhos está a série que dá nome à mostra, e que foi produzida a partir de uma viagem da artista por diferentes estados brasileiros, entre dezembro de 2012 e fevereiro de 2013. A mostra conta ainda com a intalação "Spirit Cooking", que ocupa todo o salão principl da galeria e revela receitas pintadas pela artista nas paredes, utilizando sangue de porco.

Luciana Brito Galeria: R. Gomes de Carvalho, 842 - Vila Olímpia - Oeste. Telefone: 3842-0634 Endereços

Marinaldo: Urbano-Pop (Galerias)

A individual apresenta 40 obras do paraense Marinaldo Santos, entre telas, desenhos e objetos de parede. Os trabalhos têm como referência a cultura popular e urbana de Belém do Pará. A seleção das obras e o texto do catálogo são da crítica e curadora de arte Aracy Amaral.

Galeria Berenice Arvani: R. Oscar Freire, 540 - Jardim Paulista - Oeste. Telefone: 3088-2843 Endereços

Michel Zózimo - Animalpedramonstro (Galerias)

Primeira exposição da nova sede da galeria Sé, que inaugura nos Jardins, a exposição de Michel Zózimo apresenta uma série de colagens, desenhos, objetos e tecidos que fazem alusão ao livro "A Ciência do Sonho", escrito em 1890 pelo médico alemão Hans Kunstfield. Ao folhear um exemplar do livro, reeditado em 1946, o artista encontrou imagens e descrições de sonhos relatados pelos pacientes do médico -que apareceriam, posteriormente, em seus próprios sonhos- e que servem de base para as obras.

Sé Galeria: R. Br. de Capanema, 208 - Cerqueira César - Sul. Telefone: 3083-0074 Endereços

Mirian Inês da Silva (Galerias)

Com curadoria de Miguel Chaia, a exposição da artista goiana ocupa o segundo e o terceiro andares da galeria com cerca de 70 obras -entre pinturas e xilogravuras. De acordo com o curador, o trabalho da artista retrata o meio rural e a cidade, a cultura popular e a cultura de massa, as representações religiosas e míticas.

Galeria Estação: R. Ferreira de Araújo, 625 - Pinheiros - Oeste. Telefone: 3813-7253 Endereços

Möbius, de Luis González Palma (Galerias)

A mostra joga luz ao trabalho do guatemalteco Luis González Palma, que exibe uma série de fotografias homônima à mostra, com interferência em tinta acrílica, e mais duas séries fotográficas. Nos trabalhos da série "Möbius", González Palma apresenta interferências geométricas em tinta acrílica sobre fotografias. Já nas séries "Jerarquías de Intimidad - El duelo" e "Jerarquías de Intimidad - El encuentro", as imagens se passam por sonhos, destacando o uso de lâminas de ouro e de prata.

Galeria de Babel: Al. Lorena, 1.257, casa 2 - Jardim Paulista - Oeste. Telefone: 3825-0507 Endereços

On Joue Sur La Terre (Galerias)

A mostra reúne 20 imagens de fotógrafos amadores das Alianças Francesas de países como Rússia, Suíça, Bélgica e Venezuela. O Brasil estará representado pela foto de Adan Bruno Costa da Silva, de Belém.

Aliança Francesa (Cerqueira César) - Galeria Imago: Al. Min. Rocha Azevedo, 419 - Cerqueira César - Oeste. Telefone: 3062-9339 Endereços

Orgásmicas (Galerias)

As ilustradoras Mariana Degani e Verônica Alves apresentam a exposição, que reúne seis telas produzidas em aquarela líquida e tintas acrílica e metalizadas. As obras, que estiveram expostas em Lyon, na França, apontam para a naturalização da nudez e para a sexualidade feminina.

Urban Arts (Oscar Freire): R. Oscar Freire, 156 - Cerqueira César - Oeste. Telefone: 3081-6142 Endereços

Praças (Im)Possíveis (Galerias)

A exposição do coletivo Bijari se estende para além da galeria Choque Cultural, adentrando também as ruas da Vila Madalena -onde o espaço artístico está situado. Na mostra, bicicletas se transformam em minipraças que podem de deslocar.

Choque Cultural: R. Medeiros de Albuquerque, 250 - Jardim das Bandeiras - Oeste. Telefone: 3061-4051 Endereços

Retratos: The Last Headline (Galerias)

A exposição reúne cerca de 50 obras de mais de 40 artistas que têm, como ponto em comum, o recorte no retrato. São trabalhos de nomes como Cândido Portinari, Emiliano Di Cavalcanti, Frida Kahlo, Helio Oiticica, Iberê Camargo, Lygia Clark, Vik Muniz e Roberto Burle Marx, que fazem um panorama histórico do retrato na arte brasileira e internacional. Destaque para as telas "Dom Pedro II" (1847), de Monvoisin, e "Menina do Circo" (1937), de Di Cavalcanti. A curadoria é de Ricardo Sardenberg, que propõe uma reflexão sobre o conceito do retrato nos dias atuais.

Galeria Bergamin: R. Oscar Freire, 379, lj. 1 - Cerqueira César - Oeste. Telefone: 3853-5800 Endereços

Sala de Retratos (Galerias)

Vinte e cinco retratos -sendo oito deles cópias de época- compõe a mostra, que evidencia trabalhos dos anos 1870 até 1960. São imagens de nomes como German Lorca, Martín Chambi, Wilhelm von Gloeden e os irmão Carlos e Miguel Vargas Zaconet.

Galeria Fass: R. Rodésia, 26 - Sumarezinho - Oeste. Telefone: 3037-7349 Endereços

Singulares (Galerias)

A coletiva exibre obras de três artistas plásticos: Helena Carvalhosa, Marcia Gadioli e Rogério Pinto. Helena participa com sua produção em pinturas e cerâmicas; Marcia com fotografias; Rogério Pinto com pinturas. A curadoria é de Marcelo Salles, coordenador da Casa Contemporânea.

Casa Contemporânea: R. Cap. Macedo, 370 - Vila Mariana - Sul. Telefone: 2337-3015 Endereços

Teresa Berlinck - Biblioteca Ilustrada, Sábado e Domingo (Galerias)

A primeira individual da artista plástica paulistana apresenta séries que falam sobre herança cultural, memórias e cotidiano. Na série "Biblioteca Ilustrada", por exemplo, objetos e ilustrações são reunidos em montagens nas quais o livro é o protagonista. Em "Sábado e Domingo", a artista apresenta oito pinturas sobre o cotidiano na cidade, mostrando cenas captadas do ponto de vista do pedestre.

Dconcept Escritório de Arte: Al. Lorena, 1.257, G1 cs. 3 - Jardim Paulista - Oeste. Telefone: 3085-5006 Endereços

Tudo que é Sólido Desmancha no Ar (Galerias)

A exposição relaciona o trabalho de quatro artistas representados pela galeria: Letícia Parente (1930-1991) -que registrou performances e vídeos políticos de arte no Brasil, nos anos 1970- Debora Bolsoni, Ana Mazzei e Lais Myrrha, cujos trabalhos ganham destaque por discutir política e história.

Galeria Jaqueline Martins: R. Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 74 - Pinheiros - Oeste. Telefone: 2628-1943 Endereços

Willys de Castro - Múltipla Síntese (Galerias)

Composta de 35 obras do mineiro Willys de Castro (1926-1988), a mostra faz uma retrospectiva do trabalho do artista, revelando diferentes fases de sua produção. Entre os trabalhos, o "Objeto Ativo" que compõe o acervo do Masp, de 1959; um cartaz-poema da década de 1960; e os "Pluriobjetos", que o artista realizou em metal nas décadas de 1970 e 1980.

Galeria de Arte Almeida e Dale: R. Caconde, 152 - Jardim Paulista - Oeste. Telefone: 3882-7120 Endereços

A Alma do Colecionador (Museus)

Com curadoria de Isabella Blanco e Jorge Brandão, a mostra reúne objetos de 30 colecionadores, dando espaço para itens como livros raros, bicicletas clássicas, cachimbos, relógios e esculturas de cristal. A proposta é incentivar colecionadores a exibir suas peças. Entre os participantes estão a atriz Etty Fraser, que exibe objetos em formato de elefante, e Cláudia Matarazzo, que expõe algumas de suas xícaras raras.

Museu de Arte Sacra de São Paulo: Av. Tiradentes, 676 - Luz - Centro. Telefone: 3326-3336 Endereços

Muito Bom Acervo Afro Brasil (Museus)

O espaço abriga 1.100 obras da coleção de arte negra do artista plástico Emanoel Araújo, cedidas ao museu em regime de comodato. Entre as peças, estão máscaras africanas, esculturas, pinturas do século 19, fotografias e trabalhos contemporâneos

Museu Afro Brasil: Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10, 2º piso - Parque Ibirapuera - Sul. Telefone: 3320-8900 Endereços

Acervo Permanente da Fundação Ema Klabin (Museus)

Criada para abrigar o acervo cultural da empresária que dá nome à fundação, a casa expõe obras raras para o público. São mais de 1.500 itens, como talhas do mineiro Mestre Valentim, mobiliário e peças arqueológicas e decorativas, além de trabalhos de artes visuais. Destaque para pinturas de nomes como Candido Portinari, Tarsila do Amaral e Marc Chagall.

Fundação Cultural Ema Gordon Klabin: R. Portugal, 43 - Jardim Europa - Oeste. Telefone: 3897-3232 Endereços

Arte Construtiva na Pinacoteca de São Paulo (Museus)

Com 64 pinturas, objetos e fotos datados dos anos 1950 e 60, a mostra oferece um recorte de artistas creditados pela fundação das artes abstrata, geométrica e construtiva no Brasil. A curadora Regina Teixeira de Barros pinçou trabalhos de nomes como Alfredo Volpi, German Lorca, Hélio Oiticica, Ivan Serpa e Lygia Clark, entre outros. Destaque para a obra "Alternado 1", de Hermelindo Fiaminghi, e para o cartaz da primeira Bienal de São Paulo em 1951, produzido por Antonio Maluf.

Estação Pinacoteca: Lgo. Gen. Osório, 66, 2º andar - Luz - Centro. Telefone: 3335-4990 Endereços

Arte do Brasil até 1900 (Museus)

Cerca de 50 obras da coleção de pintura brasileira do museu compõem a exposição, que faz um recorte das principais tendências artísticas do período que compreende o Brasil colonial, no século 17, até o Brasil república, na virada do século 20. São obras de artistas brasileiros e de outros que realizaram trabalhos sobre o país, ou nele. A pintura de paisagem é predominante, representada por viajantes europeus e nacionais como Frans Post, Henry Chamberlain, Félix-Émile Taunay e Benedito Calixto.

Masp - 2º subsolo: Av. Paulista, 1.578 - Bela Vista - Centro. Telefone: 3251-5644 Endereços

Ótimo Arte no Brasil. (Museus)

Parte do acervo da Pinacoteca ganhou um recorte que vai dos tempos coloniais até os anos 1930. Onze salas, que ocupam todo o segundo andar do prédio, reúnem obras de artistas fundamentais da história da arte brasileira, como Almeida Júnior, Candido Portinari, Pedro Américo e Lasar Segall.

Pinacoteca do Estado - 2º andar: Pça. da Luz, 2 - Bom Retiro - Centro. Telefone: 3324-1000 Endereços

Arte Sacra na Ourivesaria (Museus)

Em comemoração ao aniversário da capital paulista, a exposição apresenta cerca de 130 peças -entre joias, jarras, cálices, crucifixos e outros objetos sacros-- que traçam uma releitura do acervo do museu a partir da produção destas obras na ourivesaria. Entre os destaques, uma cruz peitoral em ouro, esmeraldas, rubis e diamantes que pertenceu a dom Joaquim Arcoverde de Albuquerque Cavalcanti (o cardeal Arcoverde) e um lampário de prata oferecido por dom Pedro 1° à antiga Sé de São Paulo. A curadoria da exposição é de Jorge Brandão e Maria Inês Lopes Coutinho.

Museu de Arte Sacra de São Paulo: Av. Tiradentes, 676 - Luz - Centro. Telefone: 3326-3336 Endereços


Saiba como criar e imprimir um guia personalizado, com o que fazer, onde comer e onde beber.

Acessar

Avaliação dos críticos da Folha
ótimoregular
muito bomruim
bom